Saúde

Covid-19. Saiba quais as regras em vigor a partir de segunda-feira no seu concelho

Expresso

09-06-2021

A partir de dia 14 de junho, arranca uma nova fase de desconfinamento no país, já com menos restrições. Há apenas quatro concelhos que mantêm regras semelhantes às que estão agora em vigor

A maioria dos concelhos do país avança para a nova etapa de desconfinamento, na segunda-feira, com as seguintes regras, referidas esta quarta-feira na conferência de imprensa após o Conselho de Ministros:

  • teletrabalho deixa de ser obrigatório

  • atividades de comércio de retalho alimentar e não alimentar de acordo com o seu horário de funcionamento (abertura e encerramento)

  • restauração com horário de funcionamento até à 1h e admissão até à meia noite

  • equipamentos culturais também até à 1h

  • serviços públicos com atendimento presencial (fora das lojas de cidadão) sem necessidade de marcação prévia

  • lojas de cidadão mantêm as regras atuais

  • casamentos e batizados com lotação de 50%

  • prática desportiva em escalões de formação ou modalidades amadoras passa a poder ter público em recintos com lotação de 33%

  • transportes coletivos com lugares em pé e sentados mantêm ⅔ de lotação

  • transportes coletivos só com lugares sentados sem limite de lotação

  • táxis e TVDEs com lotação limitada aos lugares traseiros

Lisboa, Braga, Odemira e Vale de Cambra são os únicos quatro concelhos que ficam sujeitos a um conjunto específico de restrições semelhantes às que estão atualmente em vigor:

  • teletrabalho obrigatório quando as funções o permitam
  • restaurantes, cafés e pastelarias abertos até às 22h30 (máximo 6 pessoas por grupo no interior e 10 em esplanada)
  • espetáculos culturais com os mesmos horários da restauração
  • casamentos e batizados com 50% da lotação
  • comércio a retalho (alimentar e não alimentar) até às 21h
  • permissão da prática de todas as modalidades desportivas, sem público
  • permissão de prática de atividade física ao ar livre e em ginásios
  • eventos em exterior com diminuição de lotação, a definir pela Direção -Geral da Saúde (DGS)
  • lojas de cidadão com atendimento presencial por marcação

Notícia exclusiva do nosso parceiro Expresso