Europe Direct Algarve

Dia da Terra - 23 abril: O Oceano é a nossa terra

23-04-2021

APA-ARH Algarve, SCIAENA e Movimento Greve Climática Estudantil no Algarve fazem uma reflexão sobre os problemas que afetam o planeta

Em abril e maio coincidem 3 iniciativas de extrema importância para o nosso planeta: o Dia da Terra, a 22 abril, Dia Europeu do Mar, a 20 de maio, e a campanha GlobalActionsDay, que decorre de 22 de abril a 17 de maio. Pedimos a APA-ARH Algarve, à SCIAENA e ao Movimento Greve Climática Estudantil no Algarve que nos deixassem os seus votos.

Hoje [dia 22 de abril de 2021], vivemos dias estranhos em que a realidade, a pandemia, a emergência climática e a extinção de espécies, parece ter destruído a esperança de dias melhores num planeta que tem sofrido com as nossas escolhas diárias. Por isso, importa hoje e com a maior urgência, mais do que falar sobre os problemas que afetam a nossa Casa Comum, contribuir para encontrar as soluções e #fazeranossaparte!

Paula Vaz, APA-ARH Algarve

71% do planeta Terra é coberto pelo oceano. Assim, quando falamos sobre o nosso planeta ou quando celebramos o Dia da Terra, é imperativo falar do oceano, dos seus habitats e habitantes, da sua importância para a regulação do clima, para a absorção de gases com efeito de estufa emitidos pela ação humana, e para a resiliência socioeconómica da nossa sociedade, especialmente para as comunidades costeiras. O nosso passado e presente mostra que não damos a devida atenção e proteção que o oceano precisa: desde a sobrepesca e destruição de habitats até aos mais diversos tipos de poluição, a nossa atitude precisa de ser alterada se pretendemos que as gerações futuras possam usufruir do oceano como nós temos feito até agora e se queremos dar a resiliência ao oceano necessária para ajudar a reduzir os efeitos nefastos que sentiremos fruto das alterações climáticas. Pensemos então no oceano quando celebrarmos o Dia da Terra, e lutemos durante o resto do ano para lhe dar a importância e resiliência que merece.

Nicolas Blanc, SCIAENA

Neste assinalar do Dia da Terra, falamos do grande pulmão do nosso planeta - os oceanos. Para combater o aquecimento global e a crise climática, precisamos de trabalhar em todas as frentes na conservação dos oceanos. A acção individual é importante, mas não é suficiente. As nossas escolhas do que comer, vestir ou mover não está inteiramente na nossa mão, e por isso exigimos que decisores políticos façam a sua parte e tornem acessível um estilo de vida sustentável para que nós possamos fazer a nossa parte através de uma decisão informada. Neste Dia da Terra lembramos que a Terra também somos todo/as nós, e não podemos ter soluções sustentáveis que deixam de fora as pessoas. E é por isso que queremos um futuro pautado por justiça climática, feminista, antirracista, e que não deixa ninguém para trás! #fazpeloclima

Mourana, Greve Climática Estudantil - Algarve

Um dia antes da celebração do Dia da Terra o Parlamento Europeu chegou a acordo com o Conselho sobre uma proposta para a Lei do clima que deverá garantir r a neutralidade carbónica do continente até 2050. O Parlamento Europeu defendia a redução das emissões em 60%. O Acordo com o Conselho fixou a meta das emissões até 2030 abaixo desse valo, a 55% .O Parlamento Europeu irá agora votar este acordo em plenário para que a LEI do CLIMA se torne realidade. Apesar de não serem as melhores notícias , Happy #EarthDay!

Ana Burnay, Europe Direct Algarve

Centro Europe Direct Algarve

O Europe Direct Algarve é um serviço público que tem como principal missão difundir e disponibilizar uma informação generalista sobre a União Europeia, as suas políticas e os seus programas, aos cidadãos, instituições, comunidade escolar, entre outros.

Está hospedado na CCDR Algarve e faz parte de uma Rede de Informação da Direcção-Geral da Comunicação da Comissão Europeia, constituída por cerca de 500 centros espalhados pelos 27 Estados Membro da União Europeia.

A Rede de Centros Europe Direct em Portugal inclui 15 centros e é apoiada pela Comissão Europeia através da sua Representação em Portugal.

A rede Europe Direct atua como intermediária entre os cidadãos e a União Europeia ao nível local. O seu lema é «A Europa perto de mim»!

Facebook

Twitter

Instagram