Europe Direct Algarve

Sentir a Europa: A importância da Nutrição no combate ao COVID-19

Crónica

26-05-2020

Durante o mês de maio publicamos textos de opinião/reflexão sobre a atual crise pandémica e o modo como ela afeta o sonho da Europa na perspectiva dos autores. Sempre com uma nota de esperança! #DiadaEuropa #Europaemcasa #Maionaeuropa #juntossomosmaisfortes #Europanopostal

O tema alimentação não se esgota em si enquanto ato de escolher e consumir alimentos. A sua abrangência vai para além da sua função básica, garantir a nossa sobrevivência, passando pela saúde e qualidade de vida das populações, até às implicações que tem na cadeia alimentar e na economia dos países.

Já percebemos que tudo tem de ser repensado à luz de uma realidade que não dominamos e à qual temos de nos adaptar, e no que diz respeito à alimentação, aquilo que perceciono a curto e médio prazo é o acentuar das desigualdades e da insegurança alimentar, quer a nível nacional quer a nível internacional.

A luta pela sobrevivência dos pequenos produtores, os riscos a que os trabalhadores agrícolas (elo mais fraco da cadeia) das explorações agrícolas de maior dimensão serão expostos para garantir as produções.

As "dádivas alimentares" das grandes multinacionais, de alimentos com elevada densidade calórica e baixa qualidade nutricional, e o seu impacto na saúde dos mais desfavorecidos, nomeadamente no efeito que podem ter no aumento da prevalência de obesidade e de outras patologias metabólicas crónicas não transmissíveis como a diabetes e as doenças cardio e cerebrovasculares.

A busca do suplemento milagroso por aqueles que têm melhores condições económicas em vez de optarem por hábitos alimentares mais saudáveis.

A não perceção da importância da alimentação e da nutrição nesta equação da COVID19 e das comorbilidades que surgem como fatores de risco para a gravidade da infeção.

Portugal, poderá ter agora a oportunidade de retomar práticas e hábitos alimentares promotores de saúde no passado, encontrar nas suas raízes mediterrânicas a chave para uma alimentação saudável, local e que alavanque a produção nacional, para isso será necessário criar estruturas sérias e credíveis que confiram segurança aos produtores e aos consumidores.

Portugal e os países do sul têm na dieta mediterrânica uma boa prática a exportar para a restante Europa e para o mundo.

Centro Europe Direct Algarve

O Centro Europe Direct Algarve é um serviço público que tem como principal missão difundir e disponibilizar uma informação generalista sobre a União Europeia, as suas políticas e os seus programas, aos cidadãos, instituições, comunidade escolar, entre outros. Está hospedado na CCDR Algarve e faz parte de uma Rede de Informação da Direcção-Geral da Comunicação da Comissão Europeia, constituída por cerca de 500 centros espalhados pelos 28 Estados Membro da União Europeia.

A Rede de Centros Europe Direct em Portugal inclui 15 centros e é apoiada pela Comissão Europeia através da sua Representação em Portugal.

Os Centros de Informação Europe Direct atuam como intermediários entre os cidadãos e a União Europeia ao nível local. O seu lema é «A Europa perto de mim»!

Facebook

Twitter

Instagram

Quer saber mais sobre a Europa? Coloque a sua questão ao Europe Direct Algarve através do email: europedirect@ccdr-alg.pt

Os Centros de Informação Europe Direct (CIED) são pontos de contacto locais. Dispõem de pessoal devidamente qualificado que informa e responde de maneira personalizada a perguntas sobre os mais variados assuntos europeus.

Em Destaque