Sociedade

Águas do Algarve celebra protocolo com Ministério do Mar no âmbito do Projeto Nacional Escola Azul

07-06-2021

Acordo tem como missão promover a Literacia do Oceano na comunidade escolar e criar gerações mais responsáveis e participativas, que contribuam para a sustentabilidade do Oceano

A empresa Águas do Algarve celebrou um Protocolo de Cooperação com a Escola Azul, um programa educativo do Ministério do Mar, desenvolvido na Direção-Geral de Política do Mar, que tem como missão promover a Literacia do Oceano na comunidade escolar e criar gerações mais responsáveis e participativas, que contribuam para a sustentabilidade do Oceano

O Dia Mundial do Meio Ambiente celebrou-se este sábado, dia 5 de junho, tendo sido instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), em Estocolmo no ano 1972.

Já nessa altura, foi importante dar alertar a população para os problemas ambientais e para a importância da preservação dos recursos naturais, que até então eram considerados, por muitos, inesgotáveis.

Falar desta data é também relembrar o Livro intitulado “A primavera silenciosa de Rachel Carson”, por ser um marco indiscutível que marcou esse “movimento ambientalista mundial”. Este livro, best seller internacional que continua a ser reeditado, é referenciado como tendo sido a base ou mesmo o embrião de campanhas contra o uso dos pesticidas químicos, o combater aos CFCs que destroem a camada de ozono, a questão das emissões de CO2, e o aquecimento global.

Tendo em conta o acentuado crescimento dos problemas ambientais, a celebração desta data, continua a merecer destaque na agenda mundial. Se nada for feito, o consumo exagerado dos recursos e a perda constante de biodiversidade poderão alterar consideravelmente o modo como vivemos atualmente, comprometendo, inclusivamente, a nossa sobrevivência humana.

"Na Águas do Algarve, e na atividade que desenvolvemos na região contribuímos diariamente para a proteção dos recursos naturais e preservação da biodiversidade dos ecossistemas da nossa região. Exemplo disso são também os vários projetos que desenvolvemos em parceria com várias entidades nacionais e internacionais, em toda a cadeia de valor, desde a captação, tratamento, adução e armazenamento de água até à recolha, transporte, tratamento, reutilização e descarga final do Sistema Multimunicipal de Abastecimento de Água e Saneamento do Algarve", explica a empresa em comunicado de imprensa, acrescentando que "fazêmo-lo promovendo a realização ações de Educação Ambiental durante todo o ano (Concursos de Fotografia, Projeto anual Agua Jovem, Congresso Internacional Desafios da Água, Ações de sensibilização das escolas, desenvolvimento de plataformas digitais de educação ambiental…entre muitos outros)".

A atuação da Águas do Algarve estende-se pelos 16 municípios que constituem a região algarve, cada um deles mais belo que outro, e com características tão próprias que os tornam únicos. 14 destes são banhados pelo mar.

"O Algarve tem uma costa magnífica, com praias a perder de vista, e a nossa dependência económica e natural é muito elevada. A sustentabilidade dos oceanos é uma situação que nos preocupa, e uma causa nobre e essencial que merece a nossa dedicação", salienta Teresa Fernandes, porta voz da empresa.

Assim, a Águas do Algarve assinou um Protocolo de Cooperação com a Escola Azul um programa educativo do Ministério do Mar, desenvolvido na Direção-Geral de Política do Mar, que tem como missão promover a Literacia do Oceano na comunidade escolar e criar gerações mais responsáveis e participativas, que contribuam para a sustentabilidade do Oceano.

Este programa distingue e orienta as escolas que trabalham em temas ligados ao mar, criando uma comunidade que aproxima escolas, setor do mar, indústria, municípios, ONG's, universidades e outras entidades com papel ativo em Literacia do Oceano. Procura-se estimular a comunidade escolar a compreender a influência do Oceano em nós e a nossa influência no Oceano, motivando as escolas a trabalhar o Oceano de um modo estruturado, interdisciplinar e vertical, sem se restringir ao contexto de sala de aula, e com reflexo a nível social, quer a partir do envolvimento das comunidades locais, quer na participação de diferentes parceiros.

O programa Escola Azul integra ainda ações de educação marinha multidisciplinares numa rede de parceiros diversificada dirigida às Escolas Azuis. Através de uma aprendizagem transversal, inovadora e criativa, uma Escola Azul promove o desenvolvimento de espírito crítico e de iniciativa nos alunos e incentiva-os a traduzir os seus conhecimentos em mudanças de atitude efetivas na sua relação com o Oceano.

"O mar faz parte de nós. É impossível indissociá-lo da nossa vida, desde o ar que respiramos aos alimentos que chegam ao nosso prato. No Algarve o mar é gerador de empregos que sustentam famílias inteiras, sendo inclusive o destino de eleição para férias de milhares de turísticas que procuram as nossas águas quentes, calmas e de belezas naturais inconfundíveis, não apenas no verão mas durante todo o ano…", destaca Teresa Fernandes.

A Águas do Algarve tem um compromisso com a sua proteção, não apenas através do desempenho da sua atividade diária, mas ainda com uma atuação proactiva no âmbito da I+I&D, podendo destacar alguns projetos como sejam :

► HYMEMB - Tailoring Hybrid Membrane Process for Sustainable Drinking Water Production, http://www.life-hymemb.eu/

► IMPETUS – Improving current barriers for controlling pharmaceutical compounds in urban wastewater treatment plants, http://life-impetus.eu/

► SAFEWATER - Innovative tools for the detection and mitigation of CBRN related contamination events of drinking water, https://www.safewater-project.eu/.

► SWSS - Smart Water Supply System, http://ec.europa.eu/environment/life/project/Projects/index.cfm?fuseaction=search.dspPage&n_proj_id=5234

► WATER-MINING – “Next generation water-smart management systems: large scale demonstrations for a circular economy and society

► Water_2020 - European Cooperation in Science and Technology, http://www.water2020.eu/

► SARS Control, O projeto SARS Control tem como objetivo compreender o comportamento do vírus SARS-CoV-2 ao longo da cadeia de tratamento de águas residuais urbanas) entre outros.

A atuação em matéria de I+I&D na AdA centra-se nas seguintes atividades principais em áreas consideradas estratégicas:

1. Execução de projetos de I+I&D cofinanciados pela União Europeia, em consórcio com outros parceiros nacionais e, ou estrangeiros;

2. Detetando oportunidades de colaboração, no domínio da I+I&D, com entidades privadas e públicas e propõe a realização de protocolos;

3. Avaliação de fontes potenciais de financiamento e cofinanciamento de projetos de I+I&D e supervisão e elaboração das respetivas candidaturas;

4. Promoção da realização de dissertações e de trabalhos técnico-científicos por colaboradores da AdA e participação em trabalhos de mestrado ou de doutoramento por colaboradores externos;

5. Análise e participação em estudos, projetos e planos estratégicos;

6. Apoio e participação de colaboradores da Águas do Algarve em seminários e conferências técnico-científicas com apresentação de comunicações, sob a forma de comunicação oral ou em formato póster;

7. Preparação de candidaturas no âmbito do Sistema de Incentivos Fiscais à I&D Empresarial.