Sociedade

Jovem que agredia a namorada com socos e bofetadas em Quarteira vigiado com pulseira eletrónica

28-04-2021

Arguido também remeteu à vitima diversas mensagens com ameaças de ofensas físicas, injúrias e vídeos sexuais desta

O Ministério Público apresentou ao Juízo de Instrução Criminal de Faro, para primeiro interrogatório judicial de arguido detido, um homem de 23 anos indiciado pela prática de um crime de violência doméstica em que é vitima uma mulher, também de 23 anos de idade, com quem mantinha uma relação de namoro intermitente, segundo informa a Procuradoria da República da Comarca de Faro.

Entre fevereiro e março de 2021, no interior de um veículo automóvel e de habitações localizadas em Quarteira e Lisboa, na sequência de discussões, "o arguido desferiu socos e bofetadas na vitima, causando-lhe lesões físicas". Ainda segundo a mesma fonte, "nesse período temporal, via telemóvel, o arguido remeteu à vitima diversas mensagens com ameaças de ofensas físicas, injúrias e vídeos sexuais desta".

O arguido ficou sujeito à medida de coação de proibição de contactos com a vitima, monitorizado através vigilância eletrónica.