Sociedade

"Suicídio não é egoísmo": The Pineapple Mind realiza ação de sensibilização em Faro

Filipe Vilhena

Henrique Dias Freire

10-09-2020

Celebra-se hoje o dia da prevenção do suicídio, no mês em que se fala também do Setembro Amarelo. O POSTAL mostra os pormenores da ação de sensibilização, que aconteceu em Faro

Celebra-se hoje o Dia Mundial da Prevenção do Suicídio e a cidade de Faro foi palco de uma ação de sensibilização promovida pela associação The Pineapple Mind.

Estima-se que a cada 40 segundos uma pessoa morre vítima de suicídio no mundo, totalizando uma média de 800 mil por ano. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), em 2016, foram mais de 200 mil casos em pessoas na faixa etária dos 10 aos 29 anos. Entre jovens com idade entre 15 e 29 anos, é a segunda causa de morte, perdendo apenas para acidentes de trânsito.

Raquel Branco, uma das voluntárias que participou na ação de sensibilização de Faro, ao lado de Maria Coelho e Beatriz Silva, explicou ao POSTAL que também em Lisboa e no Porto voluntários foram ao encontro da população para alertar para a causa do suicídio. Foram distribuídos panfletos e conversou-se com alguns dos mais curiosos e até, os mais sensíveis, que não tiveram medo de assumir as suas emoções.

A voluntária do The Pineapple Mind relata que "todos ficaram recetivos à ideia e, durante a visita a um estabelecimento na Baixa de Faro, um rapaz quase começou a chorar e agradeceu o nosso trabalho". Explicou ainda Raquel Branco que "em vez de colocarmos uma fotografia [nas redes sociais] a dizer 'Setembro Amarelo', preferimos sair (apesar da pandemia) e distribuir os panfletos".

A Baixa de Faro foi a zona principal da campanha de sensibilização
Foto D.R.

Durante a conversa com as pessoas, eram alertados também os números de apoio à população, presentes nos panfletos. Raquel Branco refere que é importante que as pessoas entendam que "o suicídio não é egoísmo nem estar farto da vida, é apenas tentar parar de sofrer".

O assunto do suicídio é ainda um tabu para muitas pessoas, até por questões religiosas, onde é defendido que tirar a própria vida não é aceitável. Contudo, a mensagem é pensar que "as pessoas quando olham para esta opção, pensam que é uma escapatória para o seu sofrimento" e não um ato egoísta ou para chamar a atenção.

O The Pineapple Mind está a promover uma petição para que o número de psicólogos nos Cuidados de Saúde Primários seja aumentado em Portugal, uma vez que há apenas 213 profissionais neste serviço, um número insuficiente para combater os problemas de tantos utentes. A petição conta com mais de cinco mil assinaturas e pode ser vista e assinada, se assim o entender, AQUI.

ALGUMAS LINHAS DE APOIO À PREVENÇÃO DO SUICÍDIO:

SOS VOZ AMIGA - 213 544 545 / 912 802 669 / 963 524 600

VOZ DE APOIO - 225 506 070

TELEFONE DA AMIZADE - 228 323 535

SOS ESTUDANTE - 239 484 020 / 969 554 545 / 915 246 060

CONVERSA AMIGA - 808 237 327 / 210 027 159

Diana Pereira mantém ativas as redes sociais do projeto e partilha muitas dicas com os seus fãs
Foto D.R.

O QUE É A ASSOCIAÇÃO THE PINEAPPLE MIND?

Diana Pereira estuda em Coimbra, onde está a tirar o curso de medicina. Apesar de sempre ter sido uma boa aluna, o quarto ano do curso trouxe lhe uma surpresa menos agradável e que mudou a sua visão do mundo. A jovem de 24 anos teve uma depressão em 2017 e foi obrigada a congelar a matrícula da faculdade. Depois de ser tratada com medicação, foi em busca de algumas técnicas na internet, como psicoterapia e meditação e descobriu que existia uma grande falta de conteúdos portugueses sobre saúde mental. No ano seguinte, já de regresso à faculdade, teve uma cadeira de neurociência e saúde mental, que despertou a sua atenção. Podemos dizer que foi este o ponto de partida para a criação do The Pineapple Mind.

RELACIONADO:

Tenha um ombro amigo nesta altura difícil com o The Pineapple Friend

Em Destaque