Sociedade

Movimento cívico reivindica construção urgente de ponte pedonal para a ilha de Cabanas

POSTAL

03-09-2020

Grupo de cabanenses lançou uma petição que se encontra nas redes sociais e também em suporte papel em vários estabelecimentos comerciais da vila

Há já décadas que uma grande maioria dos cidadãos de Cabanas, no concelho de Tavira, anseia pela construção de um acesso pedonal que ligue a vila àquilo que de melhor Cabanas tem: a sua ilha, a sua praia.

“Ao anseio dos cabanenses têm-se unido a vontade de inúmeros cidadãos que nos visitam regularmente, muitos dos quais têm já em Cabanas a sua segunda habitação e consideram Cabanas a sua segunda terra”, afirma em comunicado o Grupo de Cidadãos “Pela construção de um acesso pedonal para a praia de Cabanas”.

Há algumas semanas um cidadão de Cabanas “colocou uma sondagem numa rede social, na qual se pergunta aos cidadãos se concordam ou não com a construção do referido acesso, à qual responderam prontamente cerca de 800 cidadãos, sendo que cerca de 76% dos quais se manifestam favoráveis à sua construção”.

Neste contexto, recentemente, um grupo alargado de cabanenses tomou em mãos a tarefa de elaboração do texto de uma Petição que se encontra nas redes sociais, mas também em suporte de papel em vários estabelecimentos comerciais da vila de Cabanas.

Nesta data, são já cerca de 2.000 os cidadãos – a grande maioria residentes nesta freguesia – que subscreveram a Petição.

“O Movimento tem gerado uma adesão e um entusiasmo que ultrapassam já largamente as expetativas iniciais”, destaca o grupo de cidadãos.

O que está em causa é “a promoção do acesso de TODOS à praia de Cabanas, promovendo a inclusão e pondo fim à discriminação dos cidadãos com mobilidade reduzida, que a atual travessia fluvial não consegue assegurar, para além do direito de todos os cidadãos à sua praia ao longo de todo o ano e não apenas no período de veraneio”.

O grupo de cidadãos sugere “a construção de um passadiço que aproveite os já existentes de ambos as margens da ria, ligando-os através de uma estrutura simples, em madeira, integrada na paisagem, libertando a nossa preciosa ria do atentado ambiental a que todos os estios está sujeita, caracterizado pelo alarmante volume de combustíveis despejados nas suas águas, para além do ensurdecedor ruído, provocados pelo frenesim das muitas centenas de viagens diárias realizadas pelos barcos para o acesso dos cidadãos à praia”.

“Esta é uma antiga mas cada vez mais presente reivindicação, cuja concretização – porque contraria a sazonalidade que caracteriza a nossa economia -, contribuirá certamente também para assegurar a sobrevivência de muitas empresas e postos de trabalho na freguesia de Conceição-Cabanas, neste momento em que vivemos tempos inéditos e atravessamos uma das maiores crises da nossa história”, conclui o grupo de cidadãos.

A petição para a construção urgente de uma ponte pedonal para a ilha de Cabanas encontra-se disponível aqui.