Sociedade

Governo prevê dragagens nos portos de Tavira e Fuseta

07-05-2020

Governo investe 16,3 milhões de euros em dragagens entre 2016 e 2021. Tavira e Fuseta serão as próximas intervenções no Algarve, em 2020 e 2021, respectivamente

A realização de dragagens em 17 portos nacionais, entre 2016 e 2021, está avaliada em mais de 16 milhões de euros, indicou à Lusa o Ministério do Mar.

“Os 16,321 milhões de euros representam o total de intervenções entre 2016 a 2021”, apontou, em resposta à Lusa, fonte oficial do ministério liderado por Ricardo Serrão Santos.

Entre 2016 e 2018, foram executados 7,6 milhões de euros em dragagens nos portos de Vila Praia de Âncora (distrito de Viana do Castelo), Póvoa do Varzim (Porto), Vila do Conde (Porto), Aveiro, São Martinho do Porto (Leiria), Ericeira (Lisboa), Alvor (Faro), Fuzeta (Faro), Tavira (Faro), Guadiana, entre Vila Real de Santo António e Mértola (Beja e Faro).

Por sua vez, em 2019, foram realizadas dragagens em Esposende (Braga), Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Aveiro, Figueira da Foz (Coimbra), Peniche (Leiria), Lagos (Faro), Alvor (Faro), Faro, Santa Luzia (Faro), Tavira (Faro).

Para este ano estão previstas dragagens em Vila Praia de Âncora, Aveiro, Nazaré (Leiria), Peniche e Tavira.

Já para 2021 perspetiva-se mais uma intervenção na Fuzeta.

Relacionado:

Pandemia aumenta lavagem de dinheiro na internet

Há mais 1 caso no Algarve. Portugal subiu para 1.105 mortos e 26.715 infetados

Falha no Hospital de Faro faz família velar e enterrar cadáver errado

“Faltará uma peça do puzzle no fim do meu curso”: O que o vírus roubou aos alunos da Universidade do Algarve

Fazer o bem, sem olhar a quem: Conheça o grupo dos “1000 Fatos, 1000 Abraços”