A Edição Papel

Colégio Bernardette Romeira quer apoiar famílias nas mensalidades

Jéssica Sousa

Henrique Dias Freire

23-05-2021

Cada vez mais os pais zelam pelo bem-estar e segurança dos seus filhos e a escolha acertada de um espaço de ensino é um bom começo para a aquisição de sabedoria e bons princípios. O Colégio Bernardette Romeira é uma referência no sotavento algarvio e destaca-se sempre pela sua variada oferta educativa

Francisco Ferreira Bento cresceu em Torres Vedras e é a nova cara desta instituição. Com um currículo extenso em cargos de excelência, o empreendedorismo marcou parte da sua vida e consequentemente adquiriu vários colégios de renome. Atualmente é gestor de estabelecimentos educacionais e viu neste colégio uma forte aposta, o que o fez prosseguir com a compra.


“Estudar é ser feliz e aqui as pessoas estudam e são felizes”


O Colégio Bernardette Romeira é composto por um corpo docente que acompanha o seu desenvolvimento há décadas e dá aos alunos o aprender conjugado com a felicidade. Nas áreas gerais os professores honram os seus compromissos e continuam fixos. A qualidade das refeições e a sua variedade, seja virada para o macrobiótico, para o vegetariano ou comida portuguesa, aconchega o estômago de toda a comunidade escolar. A segurança dentro deste colégio é um outro requisito que cativa os pais. Os alunos sentem-se seguros e protegidos. A pandemia obrigou a novas adaptações e desde o seu início, segundo o diretor da escola, não houve nenhum caso esporádico de Covid-19, o que sempre deixou os pais descansados.

Além destas qualidades, o colégio oferece um conjunto de valências e em setembro deste ano estreia-se com a creche com berçário. É constituído pelo jardim de infância, primeiro, segundo e terceiro ciclo. O teatro, o desporto, a pintura, o canto, a música e a natação são atividades extracurriculares que dão aos alunos o aprofundamento de capacidades. Esta instituição representa índices de grande qualidade a matemática e a português e, em 2019, foi considerado o colégio com melhores valores a matemática, a nível nacional.

Como é de conhecimento comum, por consequência da pandemia e de um setor de turismo fragilizado, uma das maiores fontes de rendimentos para muitas famílias, o Colégio Bernardette Romeira perdeu alguns alunos. Agora de volta à nova normalidade, muitos desses alunos regressaram e Francisco Ferreira Bento reconhece a problemática do desemprego. Afirma ao Postal do Algarve que todas as crianças da zona do sotavento algarvio que considerem este colégio uma referência, embora tenham dificuldades económicas, podem matricular-se. A instituição pondera ter regimes de apoio e mediante os rendimentos de cada família, com a apresentação de declarações oficiais de IRS, o valor da mensalidade será adaptado.