A Edição Papel

Detida em Lagos suspeita de falsificar cartão de cidadão para levantar milhares de euros em certificados de aforro

24-04-2021

Os crimes foram praticados desde o ano de 2020

A Polícia Judiciária deteve uma mulher suspeita de vários crimes de falsificação de documento e de burla agravada, perpetrados desde 2020, na zona de Lagos.

Segundo explicou a PJ a 16 de abril, "os factos iniciaram-se com a falsificação de um cartão de cidadão e subsequente usurpação da identidade, tendo a suspeita logrado proceder ao levantamento de vários milhares de euros em certificados de aforro, pertencentes à vítima".

A detida, de 62 anos de idade, sem profissão, foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicadas as medidas de coação de apresentação semanal no OPC junto da residência e de obrigatoriedade de afastamento da vitima.

O inquérito é dirigido pela MP de Lagos e a investigação prossegue a cargo da Polícia Judiciária.

Em Destaque