Desporto

Câmara de Portimão congratula-se com o regresso da Fórmula 1 ao Autódromo Internacional do Algarve

08-03-2021

Melhores pilotos do circuito mundial disputam o pódio da etapa lusa no próximo dia 2 de maio

Pelo segundo ano consecutivo, o Autódromo Internacional do Algarve (AIA), localizado no concelho de Portimão, vai receber o Grande Prémio de Portugal em Fórmula 1, marcado para o próximo dia 2 de maio.

A notícia foi confirmada, no passado dia 5 de março, pelas entidades organizadoras, o que volta a colocar Portimão, o Algarve e Portugal no calendário da mais importante competição mundial do desporto motorizado.

A presidente da Câmara Municipal de Portimão, Isilda Gomes, congratulou-se pela decisão, “aguardada com expetativa no concelho”, sublinhando que, “mesmo não sendo possível a afluência de público devido à Covid-19, o ganho para a região está garantido.”

“Apesar da atual situação pandémica, mantenho a esperança que as bancadas do AIA possam abrir, desde que sejam garantidas todas as condições de segurança e é nisso que se está a trabalhar”, referiu a autarca, para quem “o acompanhamento da competição em todo o mundo por milhões de pessoas, só por si, já justifica esta aposta, pois trata-se de um momento desportivo único, capaz de trazer grande projeção para o Algarve e para o País.”

Isilda Gomes atribui o regresso da Fórmula 1 “à forma exemplar com que em outubro passado se disputou a corrida, fruto das magníficas condições do nosso autódromo,devendo este evento ser encarado como uma oportunidade única para nos dar a conhecer ao mundo como destino turístico de eleição, onde é bom viver e investir.”

“A região precisa de investimento sustentável e diversificado, capaz de criar riqueza o ano todo e alavancar a economia local, sobretudo nas áreas da hotelaria e restauração, comércio e serviços, e acredito que esta prova é uma excelente montra que poderá atrair empreendedores e investidores”, defende a presidente, antes de recordar que em 2020 a passagem da Fórmula 1 por Portimão terá produzido um impacto direto na ordem dos 100 milhões de euros.

Público poderá estar de volta às bancadas

O AIA entrou pela primeira vez no restrito lote de circuitos da F1 em outubro passado, na sequência do regresso da prova ao nosso país, após 24 anos de ausência.

Na sequência de uma intensa corrida, Lewis Hamilton subiu ao topo do pódio, ao lado de Valtteri Bottas e Max Verstappen, aplaudidos nas bancadas por mais de 27 mil entusiastas, muitos deles vindos a Portimão expressamente para assistir à prova e que desfrutaram de um espetáculo desportivo cheio de emoções fortes.

O objetivo da organização é contar novamente com público nas bancadas do AIA, para o que será elaborado um rigoroso plano ao nível da segurança sanitária devido à Covid-19, em estreita colaboração com o promotor e o Governo português.

Entretanto, já se sabe que haverá um interessante programa de suporte à Fórmula 1, entre 30 de abril e 2 de maio, nomeadamente com a disputa de corridas a contar para o Campeonato Internacional GT Open, que regressará ao circuito algarvio após 2013, e para o Euroformula Open, em estreia absoluta no AIA.

Além disso, Portimão também assistirá à abertura da nova temporada do Campeonato de Portugal de Velocidade, a única competição portuguesa englobada na programação do Grande Prémio de Fórmula 1.