Desporto

Cristiano Ronaldo finalista do prémio The Best, com Messi e Lewandowski

12-12-2020

O prémio The Best veio substituir o antigo troféu de Jogador do ano da FIFA, criado em 1991 e que entre 2010 e 2015 foi atribuído em conjunto com a Bola de Ouro

O internacional português Cristiano Ronaldo é novamente finalista do prémio The Best, galardão da FIFA que desde 2016 designa o melhor futebolista da época, juntamente com o argentino Lionel Messi e o polaco Robert Lewandowski, anunciou hoje o organismo.

O avançado dos italianos da Juventus concorre com Messi (FC Barcelona), atual detentor do troféu, e Lewandowski, campeão europeu ao serviço dos alemães do Bayern Munique, estando a cerimónia de entrega de prémios agendada em 17 de dezembro.

O prémio The Best veio substituir o antigo troféu de Jogador do ano da FIFA, criado em 1991 e que entre 2010 e 2015 foi atribuído em conjunto com a Bola de Ouro, da revista France Football.

Na categoria de melhor treinador, o alemão Jürgen Klopp, atual ‘dono’ do prémio, volta a estar entre os três finalistas, juntamente com o argentino Marcelo Bielsa (Leeds United) e Hans-Dieter Flick (Bayern de Munique) – que conquistou a Liga dos Campeões -, tendo os três recolhido mais votos do que o espanhol Julen Lopetegui (Sevilha) – vencedor da Liga Europa -, e o francês Zinédine Zidane (Real Madrid).

Na luta pela distinção de futebolista feminina, para suceder à norte-americana Megan Rapinoe, está a inglesa Lucy Bronze (Manchester City), a dinamarquesa Pernille Harder (Chelsea) e a francesa Wendie Renard (Lyon), enquanto o título de melhor técnico na vertente feminina será decidido entre o francês Jean-Luc Vasseur (Lyon), a britânica Emma Hayes (Chelsea) e a selecionadora do Países Baixos, Sarina Wiegman.

O galardão para eleger o melhor guarda-redes será decidido entre o esloveno Jan Oblak (Atlético Madrid), o brasileiro Alisson Becker (Liverpool) e o alemão Manuel Neuer (Bayern Munique) e no lado feminino entre a francesa Sarah Bouhaddi (Lyon), a chilena Christiane Endler (Paris Saint-Germain) e a norte-americana Alyssa Naeher (Chicago Red Stars).

A cerimónia de entrega dos prémios The Best, que esteve inicialmente marcada para setembro, mas foi adiada devido à pandemia de covid-19, vai realizar-se em 17 de dezembro, num evento exclusivamente virtual.

As 11 categorias dos prémios The Best, em masculinos e femininos, serão eleitos por ‘capitães' e treinadores de todas as seleções, adeptos e representantes de órgãos de comunicação social de todo o mundo.

Messi arrecadou seis troféu de melhor futebolista do mundo (2009, 2010, 2011, 2012, 2015 e 2019), mais um do que o português Cristiano Ronaldo (2008, 2013, 2015, 2016 e 2016/17), que no ano passado terminou a votação em terceiro lugar, atrás do argentino e do holandês Virgil van Dijk.