Ensino

Escola de Hotelaria e Turismo de Vila Real de Santo António acolheu InterEscolas 2021 em segurança

04-06-2021

Ao longo de dois dias, mais de 70 alunos colocaram-se à prova em 12 concursos, nas mais diversas áreas de formação ministradas nas Escolas de Hotelaria e Turismo do país

A Escola de Hotelaria e Turismo de Vila Real de Santo António (EHTVRSA) superou o objetivo enquanto escola anfitriã do XVI encontro InterEscolas da rede escolar do Turismo de Portugal, I.P.

No ano em que comemora 15 anos de existência, a instituição vila-realense organizou o evento que marcou o início da sua atividade, corria o ano de 2006. Ao longo de dois dias (31 de maio e 1 de junho), mais de 70 alunos colocaram-se à prova em 12 concursos, nas mais diversas áreas de formação ministradas nas Escolas de Hotelaria e Turismo do país.

"O plano de contingência COVID-19, trabalhado em sintonia com as autoridades de saúde locais foi escrupulosamente cumprido, levando à confiança dos participantes e dos agentes de interação local e regional e permitiu que tudo decorresse dentro da normalidade", explica a EHTVRSA em comunicado, acrescentando que "respirou-se o ambiente fraterno e descontraído que se vive na rede escolar, tanto na organização (os concursos de cozinha e pastelaria decorreram na EHTA, em Faro), como na interação entre os participantesR.

Um dos momentos altos do evento foi a gala de encerramento, que contou com a presença da secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, presidentes de câmara dos concelhos de proximidade da escola (VRSA, Castro Marim e Tavira), IEFP local, Associação Odiana, Junta de Freguesia de VRSA, entre outras individualidades que consideraram o evento e a atividade da escola de extrema relevância para o sotavento algarvio e baixo guadiana transfronteiriço.

Na gala foram anunciados os vencedores da competição, que estarão presentes em Tallinn, na Estónia, em novembro próximo e que são: o cozinheiro aprendiz, Gonçalo Graça da EHT do Douro-Lamego; o cozinheiro Vegetariano, Jessica Silva da EHT do Porto; decatlon, Dinis Amaral da EHT do Porto; pasteleiro júnior, Leonor Gaião da EHT do Oeste; futuro Escanção - Troféu Gilberto Mira, Tiago Monteiro da EHT de Setúbal; Taça Joaquim Janeiro, Tawany de Andrade da EHT de Portimão; barista, Benvindo Manuel Pires da EHT de Portalegre; bar, Dominic Barbosa da EHT de Coimbra; turismo, Maria Freeland Miguelito da EHT de Lisboa; alojamento hoteleiro, Sofia Gil Clara da EHT de Lisboa; gestão hoteleira, André Castel-Branco da EHT de Setúbal e empreendedor, José Grilo da EHT de Lisboa.

Segundo a EHTVRSA, "o símbolo do evento, o Camaleão, é uma homenagem a este réptil ameaçado pela atividade turística e tão caraterístico do sotavento algarvio. É por isso um alerta e um contributo para a sua preservação".

"De tal forma que será adotado para símbolo permanente do Clube de Ciência Viva MED_LAB, criado recentemente na Escola de Hotelaria e Turismo de Vila Real de Santo António", conclui.